A banda Imperial Pilots no 3 Pipe Rock Fest (Reprodução)
A banda Imperial Pilots no 3 Pipe Rock Fest (Reprodução)
Reportagem Especial

No palco ou na plateia, Imperial Pilots faz crescer a cena

Óculos de sol em oferta

No palco ou na plateia, apadrinhada ou apadrinhando, a banda Imperial Pilots vive o rock’n’roll. Ao lado de outras bandas da cidade de Guarulhos, na região metropolitana de São Paulo, o grupo trabalha para manter a cena local agitada e em evidência.

“A gente não pode ser só músico, a gente tem que lembrar que tem que ser um pouco plateia também.”

Joey Manzano

Joey Manzano, Alysson Bruno e Pedro Roquini, os atuais integrantes da Imperial Pilots, aproveitam bem a cidade. ‘Você tem que parar e ver que tem outros trabalhos novos rodando ao seu redor. Você tem que explorar as coisas, o que as pessoas estão fazendo’, diz Alysson, baterista da Imperial.

Para Pedro, a cena da cidade poderia gerar mais apoio local. ‘Guarulhos tem uma cena musical muito forte. ‘Se o munícipe guarulhense soubesse o quão cultural é a cidade, eu tenho certeza que o empresariado iria querer investir mais em casa de shows’, diz o baixista.

RECIPROCIDADE
O álbum de estreia da Imperial Pilots, lançado pelo selo Electric Funeral Records, rendeu boa projeção para a banda, inclusive com alguns reviews em sites especializados na Europa, Estados Unidos e Austrália. Com o bom resultado, o trio faz questão de olhar para sua cidade e planeja poder retribuir o apoio recebido.

Joey cita os ‘padrinhos’ da banda Carbônica, como um exemplo. ‘Nossos maiores parceiros, a gente gosta muito deles. É uma banda de 10 anos de estrada, eles apadrinharam a gente com bastante coisa’, conta o guitarrista e vocalista do grupo.

Mas além das outras bandas, a Imperial Pilots também se apoia e dá apoio para a Associação Cultural Rock Guarulhos, que tem como missão ‘preservar e difundir a cultura rock n’ roll na cidade de Guarulhos’.

‘A Asssociação ajuda muitas bandas’, diz Joey. ‘Acolheu a gente desse último ano para cá, está sempre bem presente. A Carla Maio é uma das cabeças, super amiga da gente, estamos sempre conversando sobre projetos’, conta o músico.

Apesar de ainda não serem também padrinhos de uma nova banda, a Imperial Pilots já se coloca à disposição. ‘Seria muito massa se isso acontecesse. Se a gente tiver um desenvolvimento melhor trazer alguém de baixo. Acho muito legal, me ajudaram um dia, quem poderemos ajudar um dia?’, fecha.